Revista Inspirese

 


Fique por dentro de todas as últimas notícias e informações sobre bem estar e fitness.

Cookie de chocolate sem glúten e sem lactose (e delicioso!)

por Time Inspirese em 29 Dezembro 2013

Seja por opção ou por questões médicas, muitas pessoas têm adotado uma dieta sem glúten e sem lactose. No entanto, nem por isso é preciso se abster de prazeres como um delicioso cookie de chocolate. Duvida? É só testar a receita abaixo:

Ingredientes:

• 310g de farinha de trigo sem glúten

• 35g de fécula de batata

• 200g de margarina light

• 1 colher de sopa de goma xantana

• 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio

• 140g de açúcar branco

• 170 g de açúcar mascavo

• 1 clara de ovo

• 40g de óleo vegetal

• 2 colheres de sopa de leite de amêndoa

• 1 colher de sopa e meia de extrato de baunilha

• 140g de raspas de chocolate vegano semi-adoçado


Modo de preparo:

Em uma tigela média, coloque a farinha de trigo, a fécula de batata, a goma e o bicarbonato. Reserve. Em uma tigela grande, derreta a margarina e misture os açúcares. Adicione o óleo, o leite, a clara e misture tudo. Aos poucos, vá acrescentando o conteúdo da tigela média e misture bem. Cubra a tigela e deixe no refrigerador por pelo menos 1 hora.

Aqueça o forno a 148 graus C. Coloque papel manteiga em uma assadeira de biscoitos grande e plana. Use uma colher para retirar o tamanho da massa de biscoito que você quer da tigela e coloque-o sobre o papel manteiga (lembre que, quanto maiores forem os cookies, maior será o tempo de cozimento). Leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até dourar nas bordas. Deixe esfriar fora do forno por pelo menos 5 a 7 minutos antes de retirar os cookies. Sirva.

Gostou? Conte os resultados e compartilhe outras receitas sem glúten ou sem lactose.



Sobremesa (light!) de abacate e banana

por Time Inspirese em 26 Dezembro 2013

Nesses dias de calor e férias, bate aquela vontade de tomar um sorvete, não é mesmo? Mas, e a dieta, como fica? Pensando nisso, resolvemos buscar uma alternativa deliciosa, refrescante e com apenas 286,33 calorias por porção. Ainda é muito? Exclua o mel e reduza a receita em 70 calorias!


Ingredientes (4 pessoas):

• 800g de bananas grandes congeladas e maduras, cortadas em fatias

• 225g abacate maduro

• 1/4 de colher de sopa de gengibre

• 21g de mel


Modo de preparo:

Corte os abacates ao meio, no sentido do comprimento e descarte a semente. Separe o fruto da casca e corte-o em pedaços médios. Depois, coloque todos os ingredientes no processador de alimentos ou no liquidificador e bata até a consistência de uma vitamina. Derrame tudo em um recipiente de vidro e deixe no congelador por 10 minutos. Após esse tempo, coloque um quarto dessa mistura em um copo de sorvete, acescente algumas rodelas de banana ainda congeladas e aproveite!


Valores Nutricionais:

Proteínas - 3.27g

Gorduras - 8.91 g

Carboidratos - 48.25g

Fibras - 8.98g

Sódio - 6.83mg



Boneco natalino de gengibre (com menos de 60 calorias!)

por Time Inspirese em 17 Dezembro 2013

Se você sempre corre das guloseimas natalinas com medo de engordar, saiba que sempre existem alternativas menos perigosas e que não vão te fazer sair da dieta (se consumidas com moderação). Uma delas é o tradicional boneco de gengibre, que tem apenas 56,4 calorias por unidade (66,2 calorias, se você quiser acrescentar um pouco de glacê). Veja a receita que encontramos para você e descubra que o preparo é bem mais fácil do que parece!


Ingredientes:

(Rende 48 bonecos)

• 3 colheres de sopa de manteiga sem sal em temperatura ambiente

• 3/4 de um copo de açúcar marrom

• 1/2 copo de molho de maçã sem açúcar

• 1 ovo

• 1/3 de um copo de melaço escuro

• 3 copos de farinha de trigo integral

• 1 colher de sopa de fermento em pó

• 2 colheres de gengibre em pó

• 1 colher de sopa de canela

• 1/2 colher de sopa de pimenta jamaica

• 1/4 colher de sopa de cravo Glacê (opcional)

• 1 colher de sopa e meia de clara de ovos

• 1/4 de colher de sopa suco de limão fresco

• 1 copo açúcar refinado

• Uma pitada de creme tártaro (ou vinagre branco)


Biscoitos – Modo de Preparo

Em uma tigela grande, bata a manteiga, o açúcar e o molho de maçã até uma consistência macia e uniforme. Acrescente o ovo, o melaço e misture bem. Em outra tigela grande, misture a farinha de trigo, o fermento e os condimentos. Depois, acrescente-os à tigela anterior, misturando bem mais uma vez. A seguir, divida a massa em duas bolas planas. Cubra com filme plástico e deixe-as no refrigerador por, pelo menos, 2 horas.

Pré-aqueça o forno a 175°C. Espalhe uma camada de farinha de trigo na área onde irá trabalhar com a massa. Retire uma única bola do refrigerador (deixe a outra lá mesmo) e abra a massa com um rolo até uma altura de cerca de 6 milímetros. Espalhe um pouco de farinha de trigo no topo da massa se ela estiver pegajosa. Corte os bonecos com a ajuda de um molde próprio para biscoito. Arrume-os em uma assadeira com uma base de silicone não-aderente, com uma distância de de 2,5 a 5 cm entre eles, e asse-os por 10 a 12 minutos.


Glacê

Misture as claras dos ovos com o suco de limão. Acrescente o açúcar refinado, misturando bem. Se achar que está muito fino, acrescente mais açúcar; se estiver muito grosso, adicione uma gota de suco de limão. Coloque a mistura dentro de um saco de confeitar e decore os biscoitos quando já estiverem frios.



Frango marinado em sucos cítricos e coentro

por Time Inspirese em 12 Dezembro 2013

Essa receita de frango grelhado tem apenas 250 calorias, somente 12g de gordura e serve até 4 pessoas. Aproveite!

Ingredientes:

• Um punhado de cebolinhas, cortadas fininhas

• Um punhado de coentro – folhas e talos macios apenas

• 2 dentes de alho cortados

• 1 colher de sopa de raspas de limão

• 1 colher de sopa de raspas de laranja

• 75 ml de suco de limão

• 75 ml de suco de laranja

• 75 ml de molho de soja com sódio reduzido

• 2 colher de sopa de óleo vegetal

• 1 colher de sopa de sal

• 1 quilo de coxa de frango com pele e ossos


Separe um quarto da cebolinha. Coloque o coentro, o alho, as raspas e sucos de limão e de laranja, o molho de soja, o óleo, o sal e o resto da cebolinha em um processador de alimentos ou liquidificador e bata até obter uma consistência aproximada a de um purê. Separe um quarto desse purê. Coloque o restante em um saco plástico selável juntamente com as coxas de galinha e feche o saco. Sacuda o recepiente para que o purê misture-se na galinha. Deixe descansar por pelo menos 20 minutos.

Pré-aqueça a grelha. Retire as coxas de frango de dentro do saco e coloque-as com o lado da pele para baixo em um assadeira com papel alumínio. Grelhe a galinha até estar corada por cerca de 5 minutos. Vire-a de lado e continue a grelhar por mais 15 minutos, até que o cozimento seja completo – caso esteja usando um termômetro, ele estará marcando cerca de 70° C. Sirva o frango grelhado com o tempero marinado que ficou no saco e o restante da cebolinha.



Batata doce ao forno com mostarda e alecrim

por Time Inspirese em 10 Dezembro 2013

Quem não resiste a uma batata frita, vai adorar essa receita: batata doce ao forno com mostarda e alecrim.

Trata-se de uma alternativa saudável, sem frituras e muito gostosa. E a batata doce ainda garante uma sensação de saciedade mais prolongada e rica em vitamina A e cálcio. Vamos aprender?


Ingredientes:

3 batatas doces pequenas

1 colher de sopa e meia de óleo de oliva

2 dentes de alho bem amassadinhos

Meia colher de sopa de mostarda seca

2 colheres de sopa de alecrim fresco picado

Meia colher de sopa de sal


Pré-aqueça o forno a 230o C. Descasque as batatas doces e corte-as em oito fatias verticais cada. Numa tigela grande, misture-as bem com o restante dos ingredientes. Arrume as batatas doces em filas únicas numa assadeira e asse-as por 15 minutos a 230o C, vire-as de lado e retorne-as ao forno por mais 15 minutos ou até elas ficarem macias e coradas. Sirva imediatamente.

Essa receita pode ser usada como simples aperitivo, com ou sem molho, ou como acompanhamento a um prato principalmente – batata doce combina bastante com frango.



Água de coco é a melhor bebida do planeta

por Time Inspirese em 29 Novembro 2013

Beber água de coco de boa qualidade é um dos privilégios de quem mora no Brasil. O produto pode ser encontrado na maior parte do país retirado do fruto recém-colhido. E é altamente consumido e endeusado, tendo fama de curar de ressaca a câncer. Mas, será isso mesmo verdade? Fomos pesquisar os estudos sobre o assunto e veja o que encontramos: Água de coco reidrata o organismo: vários estudos suportam essa ideia, devido a alta presença de sódio e potássio na água de coco. Por isso, é um excelente substituto aos energéticos e outras bebidas voltadas para atletas.

Água de coco desacelera o envelhecimento da pele: não há estudos definitivos sobre a influência da água de coco no aparecimento de rugas, a não ser referentes à reidratação corporal.

Água de coco previne o câncer: a água de coco é rica em selênio, um poderoso antioxidante, mas isso não significa que possa prevenir o câncer – pesquisas nesse sentido ainda estão em andamento.

Água de coco regula a pressão sanguínea e baixa o nível de colesterol no sangue: as análises sobre isso estão em estágio inicial.

Água de coco é 100% saudável: se comparada com muitas outras bebidas, sim. Possui diversos nutrientes, poucas calorias e é uma ótima fonte de potássio e vitamina C. Porém, é rica em sódio, que, unido ao cloro, transforma-se em sal, por isso não exagere.

Água de coco cura ressaca: não há estudos definitivos sobre isso, além da já citada capacidade de reidratar o organismo, repondo as perdas minerais e de água causadas pelo excesso alcoólico.

Água de coco emagrece: sim, no sentido em que prolonga a sensação de saciedade e te deixa longe da geladeira. De olho nos fatos acima, fica claro que a água de coco é uma excelente forma de reidratar o corpo, repondo água perdida e sais minerais. Pode ainda ser um ótimo aliado da dieta.

Assim, que tal contar com essa ajuda já no café da manhã, experimentando o suco abaixo?

Ingredientes:

1 copo de água de coco

Meia maçã sem casca

Meia pêra sem casca

3 folhas de hortelã




10 razões para começar um relacionamento com a Quinoa

por Time Inspirese em 28 Novembro 2013

O corpo humano precisa ingerir uma quantidade diária de proteína para funcionar bem. É ela quem garante ao organismo a reserva necessária de aminoácidos utilizados na fabricação de hormônios, enzimas, neurotransmissores e anticorpos, entre outros elementos essenciais à vida.

No entanto, existem alternativas ao consumo de proteína animal, adequadas não só para os vegetarianos e vegans, mas para quem busca apenas variar o cardápio. Uma delas é a quinoa, um cereal bastante resistente e versátil, que pode ser cultivado em qualquer clima e tipo de solo. Se você ainda não conhece a quinoa, veja abaixo as suas vantagens e características básicas e faça um teste na sua próxima refeição. Você não irá se arrepender!

1. Contém todos os 16 tipos de aminoácidos essenciais ao corpo humano

2. Excelente fonte de zinco, ferro, magnésio, potássio e manganês

3. Não contém glúten

4. Tem ação cicatrizante, analgésica e anti inflamatória

5. Alto teor de fibras

6. Fonte de vitaminas B1, B2, B3, D e E

7. Indicada para pessoas sensíveis à lactose

8. Fortalece a capacidade imunológica

9. Oferece ômega 3 e ômega 6

10. Possui sabor neutro, podendo ser agregada a pratos doces e salgados.


Quer uma receita fácil para começar? Confira o passo-a-passo dessa salada deliciosa:


Ingredientes:

1 copo de 300 ml de quinoa

50g grão de bico cozido

1 talo de alho-poró cozido

1 cenoura média cozida

1 talo de erva-doce

100g de espinafre

Sal e alho a gosto

1. Cozinhe a quinoa por 20 minutos em fogo médio, usando a proporção de 2 copos de água para 1 copo de quinoa. Isso vai render cerca de 3 copos, após o cozimento.

2. Separe os grãos com um garfo (como fazemos com o cuscuz).

3. Acrescente sal e alho a gosto, e os vegetais já cozidos.


E você, qual a sua receita com quinoa favorita?




Qual o melhor óleo para cozinhar?

por Time Inspirese em 16 Setembro 2013

Eis um dilema pelo qual passa uma boa parte das pessoas: qual óleo de cozinha utilizar? Se por um lado é preciso evitar o consumo exagerado de gorduras, também não é possível ter uma vida saudável sem elas. Assim, o importante é variar, observando as características de cada um deles – e lembrando que apenas 1 colher de sopa de óleo tem, em média, 117 calorias. 

Óleo de soja – produto mais barato, é rico em ômega 3 e ômega 6 -  gorduras com propriedades antiinflamatórias e que atuam no combate às doenças cardiovasculares e na regulação do colesterol. Pode ser usado no cozimento sem perder as suas propriedades, desde que aquecido até 180ºC.

Óleo de milho – fonte de ômega 6  e de gordura monoinsaturada. Melhora o sistema imunológico, regula o colesterol e protege as artérias. Pode ser também aquecido até 180ºC.

Óleo de girassol – oferece baixa quantidade de ômega 6 e ômega 9, mas é uma ótima fonte de vitamina E - forte aliado na desacelaração do envelhecimento -, e de gordura monoinsaturada, que previne doenças cardiovasculares. Pode ser aquecido até 200ºC.

Óleo de canola – excelente fonte de gordura monoinsaturada, com boa oferta de ômega 3 e 6. No entanto, o seu processo de refinamento provoca a perda de parte de suas propriedades. Pode ser aquecido até 180ºC ou utilizado para temperar saladas.

Azeite de oliva - óleo monoinsaturado, regula o colesterol  total e aumenta o nível de colesterol bom (HDL). É rico em vitamina E e ajuda a regular o intestino. Por não ser refinado, mantém as suas propriedades, como a ação antioxidante e antiinflamatória, desde que aquecido até 180ºC. Ajuda a previnir doenças cardiovasculares, processos inflamatórios e doenças crônicas. Sua versão extra-virgem é menos ácida e deve ser usada para temperos de salada.