Revista Inspirese

 


Fique por dentro de todas as últimas notícias e informações sobre bem estar e fitness.

5 dicas para tirar o máximo dos exercícios de apoio

por Time Inspirese em 09 Setembro 2013

Os exercícios de apoio são uma unanimidade entre homens e mulheres que querem manter a musculatura em dia. Mas, este tipo de atividade precisa ser feita de forma correta ou pode prejudicar, e muito, a coluna e os ombros. Por isso, fique atento a algumas dicas:

1.   Se você está dando os primeiros passos nos exercícios de apoio ou tem problemas de postura, comece deixando os joelhos no chão. Quando perceber que já consegue manter a cabeça alinhada com o torso de forma estável e sem dificuldades, aí sim passe a fazer o exercício com a perna estendida.

2.   Mantenha seus ombros para baixo e para trás, de forma estável. Isso forçará os músculos peitorais a trabalharem mais e protegerá os ombros e o tríceps.

3.   Para distribuir o trabalho entre o maior número de músculos possível, lembre que as suas mãos devem ficar alinhadas próximo ao meio do tronco, e separadas um pouco além da distância entre os ombros.

4.   Proteja os pulsos colocando o peso na parte externa das mãos, e não na base. Pense que está tentando agarrar o chão, por exemplo. 

5.   Mantenha seus quadris alinhados com o torso. Assim, os músculos abdominais serão trabalhados.

 



6 alongamentos essenciais para corredores

por Time Inspirese em 03 Setembro 2013

Antes de correr, ou de praticar qualquer outro exercício físico, é importante alongar os músculos e melhorar a flexibilidade como um todo. Músculos flexíveis realizam movimentos com maior habilidade e ficam protegidos contra lesões graves.

Veja abaixo 6 alongamentos essenciais para praticar antes de começar a correr. Faça-os com o corpo aquecido e mantenha cada posição por cerca de 10 segundos.

1.  Parte anterior da coxa: de pé, flexione uma das pernas até que possa segurar o pé com a mão. Leve o quadril ligeiramente para frente, alongando a parte anterior da coxa. Troque o lado.

2.  Coluna e parte posterior das coxas e pernas: de pé, com as pernas estendidas, leve o tronco à frente, buscando tocar os pés com as pontas dos dedos.

3.  Parte interna das coxas: sentado, junte os pés com as pernas flexionadas. Tente forçar as pernas para baixo.

4.  Coluna e quadril: sentado, mantenha uma perna estendida e a outra flexionada. Com o braço contrário à perna que está flexionada, faça uma rotação do tronco olhando para trás e alongando a coluna e o quadril. Troque o lado.

5.  Ombro: de pé, passe um dos braços à frente do corpo e puxe-o na altura do cotovelo com a outra mão, alongando o ombro. Troque o lado.

6.  Pescoço: de pé com as pernas semiflexionadas, puxe a cabeça com a mão em direção ao ombro. Troque o lado.

 



10 alimentos para um cabelo lindo e saudável

por Time Inspirese em 03 Setembro 2013

Todo mundo quer um cabelo bonito, mas já deve ter percebido que as regulares visitas ao salão e o uso de produtos de primeira qualidade não bastam. Isso porque o cabelo também precisa do suporte de uma alimentação balanceada para manter-se saudável. Por isso, vale a pena ficar de olho e manter os alimentos abaixo sempre presentes na dieta: eles vão garantir um detalhe especial a mais no seu visual.

1. Ovo: o ovo e outras fontes de boas proteínas, como as carnes magras, o iogurte desnatado e os grãos integrais, são uma excelente fonte de queratina, componente essencial para a formação de novos fios saudáveis.

2. Brócolis: por ser rico em ferro, cálcio, potássio e vitamina B6 torna-se um ótimo aliado contra a queda de cabelo.

3. Algas: deixam os cabelos bonitos e brilhantes.

4. Grãos integrais: fontes de zinco, fortalecem os cabelos e ajudam no crescimento.

5. Abacaxi: ricos em magnésio, outro elemento essencial na formação dos fios.

6. Água: beba de 8 a 10 copos por dia.

7. Leite: ao lado de outras fontes de cálcio, evita que os fios fiquem quebradiços e finos.

8. Linhaça: o ômega 3 e 6 presente nesta semente, bem como no salmão, na sardinha e em outros alimentos, hidratam e dão força e brilho aos fios.

9. Nozes: o cobre existente nessa leguminosa age no pigmento que dá cor aos fios. O mesmo resultado pode ser obtido por meio do consumo de crustáceos e fígado.

10. Uva: mantém a flexibilidade e a hidratação dos fios, por ser uma boa fonte de potássio.