Nutrição

Profissional busca a reeducação alimentar

 

Que é preciso comer bem, todo mundo sabe. Mas, o que significa comer bem? Para responder a essa pergunta basta procurar um nutricionista ou um nutrológo – e aí já começam as dúvidas: o que cada um desses profissionais faz?

 

Nutrólogo é um médico especializado em Nutrologia, geralmente acionado em casos de doenças ligadas a distúrbios alimentares, como obesidade e problemas gastrointestinais. Já o nutricionista não receita remédios, mas, analisando exames médicos, histórico e hábitos, pode preparar o cardápio mais adequado para cada pessoa em particular. Ele também vai te passar toda a informação nutricional de que você precisa para entender o porquê da escolha daqueles alimentos.

 

Faça seu cardápio personalizado

 

A importância dessa personalização na alimentação vem do simples fato de que ninguém é igual a ninguém. As comidas das quais você gosta e não vive sem não são as mesmas para outras pessoas, muito menos o seu metabolismo e processo digestivo. Indivíduos reagem de forma diferente a cada tipo de alimento. Some a isso a frequência com que são feitos (ou não) exercícios físicos e de que tipo, idade, profissão, etc. Além disso, a região em que você mora vai interferir na disponibilidade dos alimentos e no modo de preparo. O fato de morar sozinho, almoçar no trabalho, ou ter que negociar o cardápio com os filhos e cônjuge também são fatores a serem considerados.

 

O trabalho de um nutricionista é contínuo e requer visitas regulares de acompanhamento. Nesse momento, o cardápio em uso pode sofrer alterações, de forma a atender a novas necessidades, mudanças no estilo de vida, ou simplesmente porque a pessoa cansou dos alimentos sugeridos. Isto precisa ser feito porque o nutricionista não incentiva mudanças radicais e sim um processo consciente de reeducação alimentar.

 

Seja honesto quanto a seus limites

 

Escolha um nutricionista credenciado (licenciado em Nutrição) para não errar. Logo na primeira entrevista, seja claro e sincero sobre seu estilo de vida e objetivos, para que o profissional possa fazer uma sugestão que trará resultados. Também não finja ser capaz de seguir recomendações que parecem impossíveis a curto prazo – só você pode determinar os seus limites e qualquer nutricionista responsável irá procurar ajustar cardápios ou porções, desde que não haja prejuízo à saúde como um todo.

 

Mulheres grávidas, em fase de amamentação, ou indivíduos com histórico familiar propenso a doenças cardiovasculares e diabetes são especialmente recomendados a buscarem um nutricionista, e não somente quem está em busca de dietas ou desintoxicantes. No entanto, o ideal seria que todas as pessoas buscassem o apoio de um profissional para manter uma alimentação balanceada e saudável.